A correta gestão de departamento jurídico é essencial ao sucesso empresarial. É preciso que os profissionais dessa área estejam devidamente alinhados, entusiasmados e comprometidos com os objetivos genéricos da organização.

No entanto, para que isso aconteça, é importante implementar algumas dicas. Deve-se aprimorar a comunicação no setor, utilizar softwares que facilitem a tarefa diária e usar o outsourcing com profissionais especializados, de modo a potencializar os serviços.

Pensando nisso, elaboramos um artigo especialmente para você. Hoje, vai conhecer 5 dicas para potencializar a gestão de departamento jurídico, tornando-o mais eficaz. Continue a leitura e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

1. Use uma estratégia de outsourcing

Em primeiro lugar, é importante reconhecer que ajuda externa é sempre bem-vinda. Ao contar com a assessoria jurídica de profissionais especializados, é possível manter o foco no business core da empresa. Logo, melhores resultados podem ser conquistados.

Outsourcing consiste em uma espécie de terceirização do serviço para outra empresa, com mais experiência e conhecimento. É, também, uma forma de se preocupar menos com a burocracia e deixar tudo nas mãos de quem entende.

2. Invista na automatização dos processos

Outro ponto importante é lembrar que o mercado tem mudado bastante, por isso demanda soluções inovadoras: como a automatização de tarefas. Consiste na substituição do trabalho manual, geralmente aquele mais repetitivo, pelo de máquinas.

Há uma série de atividades que podem ser automatizadas no departamento, como: envio de e-mails, gerenciamento de dados e integração com outros setores da firma. Assim, é possível obter mais rapidez, eficiência e eficácia na execução dos processos.

3. Aprimore a comunicação interna

Talvez até mais importante do que no restante da empresa, a comunicação deve ser clara e fluida no departamento jurídico. Desse modo, uma série de problemas — como a falta de alinhamento, erros e atrasos — podem ser mitigadas do expediente.

Uma boa comunicação surge com o comprometimento dos líderes do setor jurídico e da empresa em geral. Em seguida, é importante implementar canais que facilitem essa comunicação (como e-mail, celular corporativo e intranet, por exemplo).

4. Defina e mensure as métricas de desempenho

Existem diversas métricas que podem ser usadas para mensurar o desempenho do setor, avaliando-o de forma clara e assertiva. Também contribuem para que objetivos mais desafiadores sejam atingidos, potencializando resultados futuros.

É importante conhecer e acompanhar métricas como:

  • exposição a litígios com o tempo;
  • queixas por ética;
  • aumento de honorários de ganho;
  • gastos em viagens;
  • gastos por área de atuação.

5. Mantenha a organização e padronize processos diários

Ao longo do experiente, há diversas tarefas que devem ser realizadas pelo departamento jurídico. Para ganhar tempo e otimizar a eficácia, é importante investir na padronização dessas tarefas, garantindo maior alinhamento e diligência na execução.

Ainda é importante considerar a organização: um ambiente de trabalho desorganizado, com processos arquivados de forma inadequada, é menos saudável e produtivo.

Como você pôde ver, existem várias dicas para a gestão de departamento jurídico. Ao aplicá-las, é possível potencializar os resultados da companhia em geral. Vale ressaltar a importância do outsourcing, permitindo que a empresa foque no business core.

Gostou do conteúdo? Aproveite para continuar aprendendo. Conheça “5 dicas de gestão jurídica para prevenção de passivos trabalhistas”. Vamos lá!

Share This