A construção civil é um dos ramos em que há mais incidência de acidentes de trabalho. Devido à natureza da área, os colaboradores estão expostos a vários riscos diariamente.

Por esse motivo, é importante que o responsável esteja sempre promovendo ações que garantam a segurança e prevenção a riscos à saúde do trabalhador.

Com o objetivo de auxiliar os empresários e os empregados a entender a importância da segurança do trabalho na construção civil preparamos este post, mostrando os riscos mais comuns da área e algumas formas de preveni-los. Confira!

Riscos comuns na construção civil

Queda de materiais

Um dos riscos mais comuns na construção civil e que infelizmente ocorrem com frequência, são os acidentes causados por quedas de materiais.

E isso pode ter consequências graves, podendo levar até a morte do trabalhador, se não estiver atento e com os equipamentos necessários.

Queda de altura

São vários os colaboradores na construção civil que exercem suas atividades em altura. Nesses casos há o risco de queda.

Quando o trabalho é efetuado acima de 2 metros, é imprescindível o uso de equipamentos específicos para prevenir os acidentes, como sistemas de ancoragem.

Choques elétricos

Em cargos que envolvam energia elétrica, deve-se utilizar profissional com a capacitação necessária para a atividade. Além disso, a utilização de equipamentos de segurança é fundamental.

Isso previne vários acidentes e garante que a saúde e integridade física do trabalhador seja preservada.

Falta de sinalização

Um dos pontos principais para evitar riscos na construção civil é a sinalização adequada. É importante que se marque corretamente os pontos principais do canteiro de obras, informando os riscos em cada área.

Deve-se utilizar placas, barreiras, fitas e sinalizações luminosas. Assim os trabalhadores saberão os riscos de cada local, e como se prevenir de acidentes.

Como evitar problemas

As principais formas de se evitar acidentes na construção civil dependem do administrador. É imprescindível que ele esteja atento às normas direcionadas ao ramo, oferecendo condições de trabalhos adequadas, capacitação, distribuição e fiscalização da utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Em relação às normas legais, alguns documentos são essenciais para quem quer garantir a segurança e estar dentro da lei. Por isso separamos os documentos mais importantes a seguir:

Programa de prevenção de riscos ambientais (PPRA)

O PPRA é uma normatização referente aos riscos biológicos, químicos ou físicos de determinado local de trabalho. Ele tem validade federal e é uma forma de demonstrar a prevenção de perigos à saúde e integridade física do trabalhador.

Ele é obrigatório para todas as empresas do território nacional, mesmo que o risco apresentado seja mínimo e para a sua formulação é necessária a contratação de um profissional da área.

Programa de condições e meio ambiente do trabalho (PCMAT)

O PCMAT é obrigatório para empreendimentos com 20 trabalhadores ou mais. Ele serve para estabelecer procedimentos de planejamento e organização, para a implantação de medidas de segurança do trabalho na construção civil.

Ele tem uma natureza preventiva, formulando estratégias para evitar acidentes e doenças ocupacionais.

Permissão de Trabalho (PT)

O PT é uma autorização que deve ser entregue pelo trabalhador ao supervisor ou administrador do empreendimento antes de iniciar uma atividade que ofereça risco à saúde ou integridade física.

Ele funciona como um alvará que permite a realização de trabalhos em ambientes de risco, com um tempo determinado.

Diálogo Diário de Segurança (DDS)

O DDS não é um documento, mas sim uma prática que deve ser realizada diariamente, antes do início da jornada de trabalho. Ele tem como objetivo gerar a conscientização entre os colaboradores em relação à saúde e segurança no local de trabalho.

Ele é feito como um diálogo para expor instruções a respeito da prevenção de acidentes.

Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO)

Já o PCMSO é uma iniciativa do próprio Ministério do Trabalho e do Emprego, promovendo a prevenção de acidentes e fatores prejudiciais à saúde.

Ele é obrigatório a todas as empresas que tenham empregados regidos pela CLT, e devem realizar consultas e exames periódicos admissionais e de realização profissional.

Agora que você já sabe a importância da segurança do trabalho na construção civil aproveite para curtir a nossa página no Facebook e ficar por dentro de outros assuntos como esse!

 

O objetivo do nosso blog é a troca de informações e a difusão de conhecimento jurídico com linguagem acessível. Nesse espaço, não prestamos qualquer tipo de consultoria ou análise de casos específicos.

Share This