Há pessoas que acreditam que a consultoria jurídica só é essencial para grandes empresas, porém isso não é verdade. Todas as empresas, independentemente do tamanho, precisam desse auxílio.

Agir de acordo com a legislação e seguir corretamente os processos burocráticos é importante para que você alcance credibilidade no mercado e faça a sua empresa crescer, mesmo que, à primeira vista isso pareça ser uma preocupação secundária.

Além disso, ter um olhar técnico sobre as rotinas internas faz com que possibilidades diferentes apareçam, o que poderá ocasionar economia de dinheiro com impostos, redução do número de ações judiciais e muito mais.

No texto de hoje, passaremos algumas orientações para que você tenha segurança ao contratar esse serviço. Confira.

Peça indicações

Para contratar qualquer tipo de serviço, uma indicação é sempre bem-vinda e pode orientar melhor a busca por profissionais que atendam à sua demanda. Com a contratação de uma assessoria jurídica não é diferente!

Converse com amigos empresários e veja quem eles contrataram, se estão satisfeitos com os serviços prestados, se os profissionais são responsáveis e pontuais com as tarefas, se respondem com atenção às duvidas, etc.

Isso é muito importante, já que, atualmente existem diversos profissionais no mercado e a qualificação e experiência de cada um pode variar bastante e interferir diretamente na qualidade do serviço prestado.

A partir das indicações, consulte na internet o nome do profissional, veja se existe alguma reclamação sobre ele ou sobre o escritório, leia o conteúdo divulgado nas redes sociais e busque o máximo possível de informações.

Saiba exatamente do que você precisa

Uma questão essencial, antes de contratar uma assessoria jurídica, é identificar as necessidades da empresa. Como existem profissionais em diversas áreas de atuação, é importante que você escolha aquele que possua especialização na área de interesse da sua empresa ou que tenha mais experiência para assessorá-la de acordo com a demanda.

Para isso, a sugestão é que você converse com sua equipe, veja as dificuldades de cada setor e a partir daí passe a buscar o profissional. Alguns escritórios contam com equipe múltipla, com especializações diversas, o que pode ser uma ótima opção para você e para a sua empresa.

Converse com o profissional

Antes de contratar um profissional ou um escritório, marque uma reunião, converse abertamente sobre os seus principais problemas e as suas maiores necessidades, tente compreender como funciona o atendimento aos clientes e quais são os prazos para a solução das demandas.

Pergunte sobre a experiência do advogado, as principais áreas de atuação, os resultados que já ofereceu para os clientes e como ele acredita que poderá contribuir para a melhoria da sua empresa e para a segurança dos seus negócios.

Durante a conversa, veja como se sentirá diante do profissional, se ele transmitirá confiança, tranquilidade, domínio, etc. Lembre-se de que o contato entre você e o advogado será frequente, então é necessário que o relacionamento seja saudável e que exista confiança.

Saiba quais serão os meios de comunicação

Um ponto importante hoje em dia é a comunicação entre os profissionais do escritório e a sua equipe. Por ser assim, tente saber se os advogados atendem apenas presencialmente ou por e-mail, se possuem canais mais rápidos de comunicação como Whatsapp e Skype, se possuem profissionais à disposição para demandas urgentes, etc.

Na correria do dia a dia, quanto mais fácil for o acesso, melhor e mais eficiente será o trabalho.

Analise o contrato de prestação de serviços

Alguns escritórios atuam apenas na parte de consultoria voltada para a melhoria dos processos internos e da tomada de decisões das empresas. Porém, alguns, além de prestarem essa consultoria, contam com uma assessoria especializada no contencioso, ou seja, em ações judiciais.

O interessante disso é que, quando o contrato englobar as duas áreas, você terá um serviço mais completo e o melhor: poderá economizar e centralizar as informações da sua empresa em um lugar só.

O acompanhamento completo dos serviços também possibilita o desenvolvimento de melhores peças de defesa e de melhores argumentos para a discussão judicial, caso alguma ação venha a ser proposta.

Compare honorários

Antes de decidir, procure mais de um profissional ou mais de um escritório para que tenha critérios de comparação de serviços e valores cobrados.

Exatamente por isso que a leitura atenta do contrato de prestação de serviços é tão importante. É somente por meio dela que você saberá quais os serviços estão inclusos, quais os prazos para retorno, etc. A partir daí, você poderá comparar o preço e fazer a melhor escolha.

Não se esqueça de que o valor mais baixo nem sempre é o mais vantajoso. Um escritório pode cobrar menos por um número baixo de serviços, enquanto outro pode cobrar um pouco mais e oferecer um pacote muito melhor.

Avalie a reputação do profissional

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é o órgão que fiscaliza a profissão de advogado e para exercê-la, os profissionais devem ser inscritos. Para saber sobre a idoneidade do advogado que você pretende contratar, peça-lhe uma certidão de idoneidade emitida pelo órgão.

Da mesma forma, confira se o escritório está obrigado a manter registro na OAB e se ele o mantém, afinal, o primeiro passo para confiar em um profissional é ter a certeza de que ele é diligente e responsável no cumprimento das próprias obrigações, concorda?

Com todas essas dicas, ficará mais fácil escolher o profissional certo para atender às necessidades da sua empresa e para orientá-lo no que se refere ao cumprimento da legislação.

Então não perca tempo e comece já a procurar por um serviço de consultoria jurídica. Você perceberá os benefícios mais rápido do que imagina e toda a sua equipe terá mais tranquilidade para agir, o que certamente terá reflexos na qualidade do trabalho e na satisfação dos seus clientes.

Este texto foi útil? Aproveite e assine nossa Newsletter para continuar acompanhando nossos artigos!

 

 

 O objetivo do nosso blog é a troca de informações e a difusão de conhecimento jurídico com linguagem acessível. Nesse espaço, não prestamos qualquer tipo de consultoria ou análise de casos específicos.

 

Share This