A legislação brasileira é muito vasta e complexa, o que torna difícil para uma empresa manter seus atos e procedimentos sempre dentro da lei. Por isso, é importante esclarecer aos empresários sobre os benefícios da assistência jurídica, especialmente sobre seu impacto no crescimento sustentável das empresas.

Esse serviço especializado atua em diversas questões e proporciona segurança, redução de custos e prevenção de litígios, o que contribui para o desenvolvimento e expansão do negócio.

Diferente do que muitos imaginam, uma boa assessoria jurídica não deve responder sempre com negativas a todas as consultas da empresa sobre possibilidades de procedimentos ou projetos. O papel do bom advogado empresarial é alinhar ao máximo os interesses da empresa com o que a legislação permite, apresentando soluções criativas e lícitas, sempre.

Veja a seguir as vantagens de contratar um escritório de advocacia para assessorar juridicamente sua atividade empresarial!

Ajuste de contratos

A assessoria jurídica é responsável por traduzir as práticas de gestão para as formalidades jurídicas. Por exemplo: quando a empresa pretende celebrar um contrato de prestação de serviços, o papel do advogado é certificar que os termos nele contidos estão de acordo com os interesses das partes e dentro da legalidade.

Nesse sentido, os advogados fornecem os instrumentos para que as decisões tomadas estejam aptas a produzir os efeitos jurídicos que delas se esperam.

Redução do passivo trabalhista

passivo trabalhista é um dos indicadores mais preocupantes de uma empresa. Afinal, o excesso de execuções judiciais nessa área pode levar um negócio à falência.

Para reduzir esse passivo, é importantíssimo acumular conhecimento e especialização a respeito da legislação trabalhista, tanto para prevenir litígios quanto para ter meios de defesa em processos, e a assistência jurídica é a responsável por prestar orientações nesse aspecto.

Esse atendimento pode potencializar em muito a produtividade da equipe e reduzir custos para a empresa.

Assessoria jurídica e frentes de ação

As normas jurídicas nem sempre impõem restrições à atuação do empresário – muitas regras conferem certos poderes ou disponibilizam certas opções – e os advogados indicam alternativas para que o gestor decida conforme os interesses empresariais.

Por exemplo, uma empresa em dificuldades pode se valer do procedimento de recuperação judicial, um contrato pode ser garantido com uma hipoteca, um cheque pode ser cobrado de diversas formas, dentre outras situações.

Eficiência tributária

O acompanhamento por advogados possibilita à empresa tornar sua gestão tributária mais eficiente. A assistência jurídica contribui para redução da carga tributária, busca de regimes mais favoráveis e proteção contra multas.

Com efeito, ela produz uma sensível redução de impostos e taxas, bem como oferece maior estabilidade nesse setor já sobrecarregado por uma legislação complexa.

Reenquadramento legislativo

Muitas vezes, uma mudança nas características da empresa ou da legislação leva à necessidade de readaptação legislativa, isto é, a empresa deve seguir regras diferentes das aplicadas até então.

Nesse processo, o auxílio dos advogados é fundamental, pois fornecem os meios e orientações para que a empresa atenda à legislação.

Segurança na tomada de decisões

Antes de tomar decisões, os empresários buscam relatórios, prognósticos, consultorias e outras fontes de informação, a fim de obter um mínimo de previsibilidade sobre o que será decidido.

Nesse sentido, o auxílio especializado oferece segurança jurídica ao empresário, de modo que os riscos e custos gerados pela decisão possam ser previstos e administrados, de acordo com a legislação.

Portanto, o papel da assistência jurídica no crescimento empresarial é principalmente o de oferecer condições legais adequadas para as práticas de gestão de forma segura, objetiva e que gere dividendos.

Ficou alguma dúvida ou tem alguma consideração sobre a assistência jurídica? Deixe seu feedback nos comentários!

Share This